Quem somos?
Eduardo Baqueiro
 
 
Fazemos parte de uma sociedade imperfeita!
Procuramos, de formas diversas, acertar de qualquer jeito.
Criamos um círculo formado de pessoas que comungam nossas idéias e
Tentamos nos isolar das pessoas que não pensam com nós...
Assim vivemos, isolando das pessoas que não nos agradam
o que acaba nos condenando à solidão.
Creio eu que o maior desafio do ser humano
é encontrar uma forma de viver com qualquer tipo de pessoa.
Dente por dente, olho por olho
Já se passaram 2000 anos que esta história foi contada
E não mudamos nada, continuamos parados no tempo...
A internet chegou e reuniu pessoas de todo canto
Todas elas trazendo alegrias e esperanças
Mas trouxeram também suas mazelas...
Escuto pessoas dizendo que não frequentam tal lugar
porque fulano ou cicrano estão lá.
Não seria esta uma oportunidade de amenizar a antipatia?
Não é preciso fazer nada além de deixar o tempo passar
Ou, talvez, esperar uma oportunidade de ajudar...
Uma gesto de amor, de carinho ou de amizade
destrói qualquer sentimento ruim!
Estamos passando por aqui  como cometas...
De uma hora para outra não estaremos mais aqui.
Por que não deixar aqui somente o que ha de melhor em nós?
Porque não sermos como as rosas
Que apesar de terra seca, de muito sol e pouca água
 sempre deixam teu perfume?
Perdemos as oportunidades que a vida nos dá,
Continuamos fechados escondendo nossas asas com medo de voar...
Às vezes nos tornamos mais mesquinhos que aqueles que odiamos.
Será que estamos nos esforçando para melhorar o mundo?
Ou somos os mesmos que crucificaram Cristo?
Não mudamos nada, ainda usamos máscaras
Apontamos para nosso vizinho indicando os erros
e nos esquecemos das nossas falhas...
Assim somos , seres humanos, longe de sermos irmãos
Longe de nós mesmos!