Deus e Pessoas
Eduardo Baqueiro

 

Na minha vida sempre procurei Deus, mas nunca o encontrei e, um dia, desisti! Hoje, eu compreendo que a forma da minha procura foi um erro. Não precisaria procurá-Lo, pois sempre esteve comigo.

Ao nascer, Ele estava lá, nas mãos habilidosas de um médico, depois estive com ele sob a proteção de minha mãe. Disfarçado, esteve em meu pai que, com seu jeito bruto, me ensinou o beabá da vida.

E Ele não parou por aí, nunca se cansou de dispensar amor e atenção. Esteve disfarçado de diversas pessoas pelo meu caminho... Sob o disfarce de professores, esteve atento para que eu recebesse as lições de que precisava para enfrentar a vida

Esteve disfarçado de amigos e nunca se cansou de tantos carinhos e dedicações.
Ah! os amigos! Ele se escondeu atrás dos poucos amigos que tenho, muitos deles exageram na atenção e no afeto por mim.

Disfarçou-se de esposa e me trouxe lições valiosas para meu caráter. Mais uma vez se dividiu e veio como meu filho, trazendo as alegrias que só o coração de um pai conhece.

Ele sempre esteve preocupado comigo nos melhores e piores momentos de minha vida. Tornou minha vida, às vezes, um inferno para que eu compreendesse as lições que teimava em não assimilar. Deixou-me algumas vezes sozinho, quando precisava aprender que um ombro é o melhor lugar para chorar.

Foi nos meus inimigos que Ele esteve mais atento, preocupado com meus desvios, nunca deixou de apontar meus erros e tropeços. Esteve nas pessoas difíceis que encontrei na vida, tentando desenvolver minha paciência e sabedoria.

Sempre  o encontro no sorriso de uma criança, no abraço de um amigo , no beijo da mulher  amada. Hoje eu sei que nunca estive só, sempre estive amparado. Compreendo agora que Deus é o amor que levamos no peito, sem medo de dividir, sem medo de perder.

Deus é o trabalho abençoado, é a saúde em dia, a união que forma a grande família universal e o amor que carregamos dentro de nós.

Que Deus esteja sempre no seu caminho...